Dia Mundial da Água: consumo consciente faz a diferença no agronegócio

Blog

50% a 80% do organismo dos animais é água, por isso, é importante preservá-la. Veja como a ICC Brazil colabora com o manejo sustentável do agronegócio.

Ela está em todos os lugares, em todos os seres vivos. A água é um dos mais importantes recursos naturais do mundo, inclusive para o agronegócio. Entretanto, este recurso é finito, e vem sendo cada vez mais ameaçado. Por isso, neste Dia Mundial da Água, lembramos da importância de sua preservação e do consumo consciente em todos os setores.

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas), em 22 de março de 1992. A data surgiu para colocar as discussões sobre o uso dos recursos hídricos em pauta por todo o mundo. De acordo com a Agência Nacional de Águas, o Brasil possui 12% da água doce do planeta, a maioria concentrada na região Norte, onde está 80% desta quantidade.

E um dos maiores consumos da água do planeta vem da agricultura, que representa 70% do uso das reservas de água doce. Entretanto, no Brasil, a produção agrícola é prioritariamente dependente de chuvas, segundo a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). A maior parte das propriedades rurais do país utiliza a água da chuva, que iria aos rios e oceanos, e a devolve limpa, com a evaporação, transpiração e infiltração no solo. Ainda assim, a Embrapa observa que muito precisa ser feito para melhorar a eficiência no uso das águas na agropecuária.

Qual a importância do consumo de água na produção animal?

50% a 80% do organismo dos animais é água e quanto maior a proporção de gordura na constituição do seu corpo, menor a quantidade de água. O animal pode perder 50% da proteína de seu corpo e sobreviver, mas a perda de 10% da água corporal pode levar o animal à morte. Isso porque a água é fundamental para funções vitais, como regular a temperatura do corpo, auxiliar na digestão dos alimentos e nos processos de metabolismo, agindo na excreção, reprodução e crescimento. As informações são do “Comunicado Técnico: Consumo de Água na Produção Animal”, do pesquisador da Embrapa Pecuária Sudeste Julio Palhares. (Acesse o conteúdo na íntegra aqui: http://bit.ly/consumodeáguanaproduçãoanimal). Ainda segundo o conteúdo, a principal forma de um animal ter acesso à água é pela dessedentação, alimentos e o metabolismo.

ICC Brazil está alinhada com o manejo consciente e sustentável

A ICC Brazil é uma empresa sustentável e aproveita, em seu processo produtivo, subprodutos oriundos das indústrias sucroalcooleiras. É deste setor que são retiradas as leveduras utilizadas em nossos produtos para nutrição animal.

A empresa tem parceria com cerca de 20 usinas fornecedoras de leveduras, que garantem a entrega dos produtos para os clientes, abastecendo o mercado de nutrição animal com uma proteína de alto valor funcional, prevenindo o descarte irresponsável no ambiente. Por ano, a ICC Brazil produz em média 65 mil toneladas de levedura os quais 70% é destinada ao mercado internacional.

“A capacidade do meio ambiente de fazer a degradação natural dos resíduos dos processos industriais não acompanha a velocidade e quantidade produzida. Isso ocasiona, além de um desequilíbrio ecológico, contaminação do solo, rios e lençóis freáticos, pois este resíduo nada mais é que uma proteína e, em grande quantidade, resulta no aumento da presença de bactérias indesejadas”, diz Sidmeire Oliveira, coordenadora de qualidade da ICC Brazil. Quer conhecer nosso portfólio completo produzido com leveduras? Acesse: http://www.iccbrazil.com/linha-produtos/.

 

FONTES:

https://www.embrapa.br/agua-na-agricultura/sobre-o-tema

https://www.ana.gov.br/panorama-das-aguas/quantidade-da-agua

https://www.embrapa.br/objetivos-de-desenvolvimento-sustentavel-ods

https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/92401/1/PROCIJCPP2013.00165.pdf

Compartilhe:

Publicado em 20 March de 2020