Insumos agrícolas: Impactos na produção animal e alternativas para evitar prejuízos em 2021

Aquicultura, Aves, Blog, Gado de corte, Gado de leite, Pet, Suínos

Acompanhe as projeções do setor e antecipe-se aos desafios com soluções da ICC Brazil que contribuem com a rentabilidade da produção animal.

O valor e a disponibilidade dos grãos, como milho e soja, refletem diretamente no custo final da produção animal e sua rentabilidade. Devido a vários fatores do cenário atual, a produção de insumos tem variado bastante e pode alcançar valores ainda mais elevados, influenciando diretamente no preço do produto final. Desta forma, as informações sobre as projeções do setor se tornam essenciais para um planejamento da produção.

E você, está acompanhando as projeções para produções do milho e da soja?

O Brasil é conhecido mundialmente pela eficiência do agronegócio e biosseguridade dos produtos de origem animal. Assim, os produtores devem se antecipar a este e demais desafios impostos pelo campo, buscando alternativas que garantam dietas de qualidade com menor custo de produção, para assim aumentar a rentabilidade no produto final. Pensando nisso, apresentamos aqui alguns dados da produção de grãos, que podem influenciar nos resultados dos negócios, bem como soluções que contribuem com quem precisa enfrentar condições adversas no setor.

Uma vez que maior parte do custo de produção está concentrada na alimentação, é necessário buscar alternativas que melhorem a saúde intestinal do animal para um maior aproveitamento dos nutrientes. Com isso, é possível evitar e controlar a ocorrência de doenças, micotoxinas, uso de antibióticos, mortalidades etc., que podem resultar em mais prejuízos ou encarecer ainda mais o custo final dos produtores.

Safra 2020/21

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada – ESALQ-USP (Cepea), as incertezas da oferta do milho permanecem em 2021, no entanto algumas projeções mostram que os preços para mercado interno irão superar o ano de 2020. Este aumento está relacionado às lavouras da primeira safra que foram prejudicadas pelo clima seco, às altas demandas do mercado externo e exportações, favorecida pela alta do dólar. Mesmo assim, as estimativas indicam um aumento recorde das produções de milho, favorecidas pelo aumento do consumo pela produção animal e alta demanda das exportações.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê um aumento de 2,3% nas produções para segunda safra 2020/21. Somando à produção da primeira safra, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estima que o Brasil possa produzir uma média total recorde de 109 milhões de toneladas, seguindo como segundo maior exportador mundial. As perspectivas são de um aumento mundial do consumo e produção, no entanto os estoques estão 6% abaixo da temporada anterior, o que muito provavelmente manterá os preços elevados. Fato relevante é que o Brasil poderá ser favorecido pelo aumento das exportações nos próximos meses, visto que há uma estimativa de crescimento de 130% nas importações pela China.

As projeções do USDA para produção de soja brasileira geram expectativas recordes de +5,6%, em média 133 milhões de toneladas. Com um consumo interno superior ao do período anterior, devido a maior demanda por farelo de soja, há uma estimativa de aumento de 3,46%, com uma média recorde de 48,1 milhões de toneladas na safra 2020/21.

Embora os preços da soja estejam em alta este ano, devido a interrupção dos embarques da Argentina e valorização cambial (Cepea), o Brasil deve reduzir suas exportações em 7,7% em relação à safra 2019/20. Segundo o USDA, isso se deve ao fato de que a China, maior importadora mundial de soja, deve aumentar a compra de soja dos Estados Unidos impulsionada por um acordo comercial entre os países.

Pesquisa e Desenvolvimento - Ração mais Palatável

A ICC Brazil produziu um material para profissionais que querem ampliar seu conhecimento técnico sobre a importância da palatabilidade, nutrição animal, e de como isso reflete no fortalecimento do sistema imunológico dos pets. O conteúdo traz informações baseadas em experimentos científicos, realizados in vivo, e apresenta resultados comprovados e aprovados pela comunidade cientifica.

Investigación Y Desarrollo – Alimento Más Palatable

ICC Brazil ha producido un material para profesionales que desean ampliar su conocimiento técnico acerca de la importancia de la palatabilidad, la nutrición animal, y de cómo eso se refleja en el fortalecimiento del sistema inmunitario de los pets. El contenido proporciona información basada en experimentos científicos realizados in vivo, y presenta resultados comprobados y aprobados por la comunidad científica.

Research and Development - More palatable feed

ICC Brazil developed a material for professionals who wish to broaden their technical knowledge on the importance of palatability and animal nutrition, and how this reflects on strengthening the immune system of pets. The content brings information based on scientific in vivo experiments and presents proven and attested results.

Levando em consideração a produção das lavouras, que foram em parte prejudicadas pelo clima, o aumento significativo da taxa cambial e aumento das exportações devido à alta demanda da China, compreende-se os motivos da instabilidade de preços e disponibilidade dos grãos, que impactam diretamente na produção animal.

 

Conheça alternativas para manter a qualidade e evitar perdas em sua produção

Diante este breve resumo sobre as projeções do setor para 2021, é importante investir em um planejamento que envolva alternativas que contribuam com a rentabilidade, e ao mesmo tempo ajudem a manter saúde, bem estar e a qualidade da produção animal.

Pensando nas melhorias em saúde e nutrição animal, a ICC Brazil segue inovando seus produtos, processos e serviços, com um portfólio de soluções que atenuam os impactos de fatores externos nas produções. Além do excelente custo-benefício, os produtos garantem a qualidade e segurança alimentar neste cenário desafiador.

Adotar medidas para o controle das micotoxinas é uma regra obrigatória, visto que a base da dieta animal é composta por milho e soja, e grande parte dos grãos é contaminada em alguma parte do processo de produção das rações. As micotoxinas são uma ameaça constante e podem causar sérios danos à saúde dos animais, prejudicando o desempenho e comprometendo os resultados finais. Para isso, a ICC Brazil apresenta a Linha Fix, composta por adsorventes de amplo espectro de ação e alta tecnologia, que atendem diferentes fases da produção animal: ZeniFix®, BetaFix®, StarFix® e MegaFix®.

Além disso, há também o ImmunoWall® que é um produto consolidado no mercado, composto por β-glucanas que, além de adsorver micotoxinas polares e apolares, proporciona uma resposta mais rápida e eficiente do sistema imune; e MOS que previne a colonização e multiplicação de bactérias patogênicas com fímbrias do trato intestinal.

Já para os ruminantes, a solução ideal é o RumenYeast®, que além de nutrir a flora ruminal, estimula a atividade das bactérias celulolíticas e controla o pH do rúmen. Todos estes mecanismos de ação resultam em uma maior produção de leite e carne, bem como, melhora na saúde geral e bem-estar dos ruminantes.

Quer conhecer mais alternativas que contribuem para a superação dos desafios atuais? Acesse o site: http://www.iccbrazil.com/linha-produtos/.

Compartilhe:

Publicado em 05 March de 2021

Quer saber mais?
Fale com um especialista!
Quer saber mais?
Fale com um especialista